segunda-feira, 6 de outubro de 2014

3 Principais dicas para acabar com a flacidez

Gravidez, obesidade, grandes processos de ganho ou perda de peso, má alimentação, envelhecimento, cigarro e bebidas alcoólicas, são alguns dos motivos para a tão temida flacidez. Combater este problema e voltar a ter uma pele firme é uma tarefa difícil, mas possível. Basta dedicação, disciplina e alguns hábitos para conquistar o corpo que você sempre desejou.
O primeiro passo é a alimentação. Optar por alimentos saudáveis, evitar comidas gordurosas, frituras e açúcar em excesso irá ajudar na qualidade da sua pele e principalmente controlará o equilíbrio do peso. A prática regular de exercícios também carrega uma porcentagem de importância bastante alta, pois o condicionamento físico aliado a uma boa alimentação traz inúmeros benefícios para a saúde como um todo. Para um condicionamento cardiovascular não precisamos pensar em nada complexo, basta uma caminhada todos os dias de 40 minutos para sentir os efeitos. Contudo para fortalecer a musculatura e unir pele e músculos firmes teremos que abusar da força de vontade para encarar uns pesinhos na malhação.
Radiofrequência, procedimento mais aconselhado e altamente eficaz para este problema. Através de um equipamento que aquece a pele a temperaturas de 40º a 42º de forma controlada e mediada, visa contrair o colágeno que já possuímos e criar novos, organizando e firmando toda a parte estrutural do tecido. Dessa forma, a aparência da pele melhora visivelmente desde as primeiras sessões, e os sinais de flacidez são reduzidos significativamente. Esse equipamento é o queridinho dos artistas.
Com uma mudança de hábito alimentar, exercícios físicos regulares e tratamentos estéticos de ponta, dificilmente a flacidez será um pesadelo na sua vida. Agora, não deixe de beber água e hidratar o corpo com cremes que contenham colágeno, retinol, vitaminas comprovadas na prevenção e melhoria da pele, pois estes completam seu estado de graça. Que tal começar hoje mesmo essas mudanças?
Por Espaço Kurma
Postar um comentário