quinta-feira, 31 de março de 2016

Dica da Cristina Guardia: Os 10 filmes de moda que você precisa ver

Está chegando o fim de semana. Que tal assistir um filme de moda no conforto da sua casa? Aqui vai uma lista de filmes e documentários para você que se interessa pelo o universo da moda. Veja também os trailers abaixo.

1. Coco antes da Chanel (2009)


Com a elegante Audrey Tautou no papel de Mademoiselle Coco, o filme revela a vida de Chanel antes de ser a reconhecida estilista, e como ela foi aos poucos libertando as mulheres dos espartilhos ao criar peças práticas e atemporais, revolucionando a moda.
Disponível no Netflix

2. Dior e eu (2014)


Esse documentário mostra imagens da criação da coleção e backstage do primeiro desfile assinado por Raf Simons para a Dior, em julho de 2012.  O filme abre espaço para mostrar o nível de profissionalização, dedicação e competência dos profissionais que trabalham com o novo diretor criativo. Também apresenta Raf como um homem reticente, calmo, tímido, concentrado e que não perde o controle.
Disponivel no Now

3. Christian Dior - The Man Behinf The Mith (2005)


Ainda na onda dos documentários, este sobre o Christian Dior é imperdível. O homem que inventou o “New Look” em 1947 e mudou o rumo da moda no pós-guerra. Suas referências em arte, arquitetura, flores e sua própria mãe estão nesse documentário que ajuda a entender um dos maiores ícones da moda do século 20.
Disponível no site M2M (sem legenda)

4. O Diabo veste Prada (2006)


A rotina de uma revista de moda com fama mundial foi retratada em O Diabo Veste Prada. Meryl Streep interpretou Miranda, uma editora bem sucedida e severa, inspirada na editora Anna Wintour. Já Anne Hathaway viveu Andy, uma repórter sem a menor noção de estilo que transformou a vida e o closet ao tornar-se assistente na revista.
Disponível no Now

5. The Director - Uma criadora na Gucci (2013)


Esse documentário é interessante por mostrar o dia a dia e o processo criativo de Frida Giannini na Gucci, dando um panorama de como a marca funcionava antes de Alessandro Michele, responsável por uma revolução de imagem da grife, assumir o posto de diretor criativo no lugar de Giannini.
Disponível no Netflix

6. Fashion! (2012)


Assista a esse documentário!! Dirigido por Olivier Niclaus, muito difícil de encontrar no Brasil e raríssimo online, ele agora está disponível no canal M2M e faz um ótimo resumo dos últimos 30 anos de moda dividido entre a extravagância e o exagero dos anos 80, com o surgimento de estilistas como Jean Paul Gaultier, Thierry Mugler, Alaia e o pouco conhecido no Brasil, Claude Montana, o minimalismo e a vanguarda trazidos pelos japoneses como Rei Kawakubo e Yohji Yamamoto e belgas (Raf Simons e Margiela), além do austríaco Helmut Lang em “Antifashion” e a era da globalização, a criação dos grandes conglomerados de moda e a massificação do luxo em “Go Global”. São tantas imagens de bastidores, entrevistas e desfiles icônicos que vai parecer que você viveu tudo aquilo ao vivo, em Paris!
Disponível no M2M (sem legenda)

7. Bonequinha de luxo (Breakfast at Tiffany's) (1961)


Baseada no romance de Truman Capote (também merece muito a leitura do livro, curtinho e excelente), traz o ícone fashion Audrey Hepburn no auge. Com um figurino assinado por Givenchy, num enredo cheio de imagens inspiradoras para a moda. Ainda conta com uma das melhores cenas de festa da história do cinema, no apertado apartamento de Holly Golightly!
Disponível no Netflix

8. Diana Vreeland - The eye has to travel (2011)


Uma verdadeira lição de moda desta que foi a primeira grande editora de moda e mudou a maneira como as revistas da área abordavam o assunto. A partir de Diana Vreeland, a moda foi inserida na cultura.
Disponível no M2M (sem legenda)

9. The True Cost (2015)


O filme mostra como o sistema da moda atual gerou um mecanismo de exploração de trabalhadores em fábricas de países pobres, onde as leis trabalhistas não são respeitadas, provocando situações análogas à escravidão e mortes de milhares de pessoas em acidentes. Também revela para onde vão todas as roupas doadas, formando verdadeiros lixões em países carentes e destruindo a indústria local de confecções. Soa como tudo o que já ouvimos falar, mas não atestamos com dados e com os próprios olhos. Surpreendente e revelador.
Disponível no Netflix

10. Saint Laurant (2014)


Entre os anos 1967 e 1976, o estilista Yves Saint-Laurent (Gaspard Ulliel) reinou sozinho no mundo da alta costura francesa. Esta biografia mostra o seu processo criativo, as fotografias e entrevistas polêmicas, a relação com o marido e empresário Pierre Berger (Jérémie Renier), os casos amorosos extra-conjugais e a relação com o álcool e as drogas, que quase destruíram o império da marca YSL.
Disponível no Now


Gostou da lista? Comente o que achou.


#cristinaguardia #dicas #filmes #tatudomuitoigual? #vempracristinaguardia #moda 

Postar um comentário