domingo, 14 de dezembro de 2014

Mais elegante e firme com 3 passos do #balé

Não é à toa que as bailarinas têm a silhueta esguia e a postura certinha: além de trabalhar o alongamento e a força do corpo como um todo, o balé melhora a consciência de como funciona cada movimento executado.

"Para realizar os passos com leveza e precisão, você tem que ter flexibilidade e concentrar a força na musculatura certa, ou o movimento não sai", fala a professora de educação física Audrea Ferro. 

Ela é representante no Brasil do Xtend Barre, método que combina princípios do #pilates com posições do balé e que inspira a sequência de #exercícios que você vê a seguir. 

Faça do jeito certo 
Na hora de #alongar, quantidade não é qualidade. Isso quer dizer que não é preciso esticar perna, braço ou costas até o limite da dor para o exercício funcionar. Pelo contrário. 

"A regra é parar quando o movimento deixa de ser confortável. Você precisa perceber uma resistência do corpo, mas não a ponto de sentir dor, que pode sinalizar uma ruptura muscular", fala Beny Schmidt. 

Tenha calma: com o tempo, você vai conseguir realizar #movimentos mais amplos. "Mais flexibilidade é uma conquista que tem que ser gradual, respeitando a limitação de cada um." 

Outro princípio do alongamento benfeito é a #respiração, que deve ser lenta e contínua - jamais prenda o ar enquanto executa os exercícios.


A. Sentada com as pernas cruzadas, braços estendidos atrás do corpo e coluna ereta.

B. Incline o tronco à frente o máximo que conseguir, levando os braços estendidos à frente do corpo e a testa em direção ao chão. O bumbum não pode desencostar do solo. Sustente a posição por 30 segundos, volte e repita mais duas vezes.


Em pé, pernas afastadas na largura dos quadris e braços ao lado do corpo. 

Deslize um dos pés para trás, estendendo a perna e abaixando o corpo até o joelho de trás encostar no chão. 

Ao mesmo tempo, eleve os braços estendidos acima da cabeça. Segure a posição por 30 segundos, volte e repita duas vezes.


A. Em pé, pernas e calcanhares unidos e pés formando um V, e braços estendidos para o alto. O abdômen fica contraídos e os quadris encaixados.

B. Flexione os quadris e desça o tronco o máximo que conseguir, sem flexionar os joelhos e tentando encostar as mãos no chão. Sustente a posição por 30 segundos, volte e repita mais duas vezes.
Postar um comentário