quinta-feira, 17 de outubro de 2013

8 dicas para secar a barriga de uma vez por todas!

Não, não vamos falar de dietas milagrosas, mas de truques simples revelados por especialistas em nutrição. 

1. COLOQUE OS DENTES PARA TRABALHAR
Mastigar bem faz toda a diferença nesse processo de enxugar a barriga. 

"Se não mastigamos, há uma sobrecarga no estômago e um aporte maior de fluxo sanguíneo, o que distende essa região", completa a nutricionista e fitoterapeuta Vanderlí Marchiori, de São Paulo.

2. COMA MENOS E MAIS VEZES 
Excesso de comida faz volume no estômago. Por isso, diminua o tamanho das refeições principais e faça pequenos lanches entre elas.

"Procure também se alimentar sem pressa e em ambiente calmo. Quem come num piscar de olhos tende a engolir mais ar, o que também aumenta a barriga", afirma a nutróloga ortomolecular Tamara Mazaracki, do Rio de Janeiro.
 

3. PREFIRA OS ALIMENTOS DE FÁCIL DIGESTÃO 
Alguns itens, como as frutas, os grãos integrais e as verduras, passam mais rapidamente pelo intestino e azeitam seu funcionamento. Já os de absorção lenta favorecem a fermentação, responsável pelo aspecto de barriga inchada.


4. CAPRICHE NAS FIBRAS, MAS SEM EXAGERO 
Elas ajudam o intestino a funcionar, o que elimina aquele aspecto de abdômen estufado. 

Mas exagerar na dose pode ter o efeito contrário, provocando cólicas e inchaço. 
"Para facilitar a eliminação do excesso, é importante beber bastante líquido durante o dia", sugere Vanderli Marchiori.
 

5. TROQUE OS REFINADOS POR INTEGRAIS
Deixe de lado o pão, o arroz, a farinha e a massa convencional e opte pelas versões integrais. 

Esses alimentos baixam o índice glicêmico, o que evita a produção excessiva de insulina, hormônio que estimula o organismo a estocar gordura.
 

6. MANEIRE NO SALGADO
 Excesso de sódio provoca retenção hídrica, responsável pelo aspecto de inchaço no corpo.

 "Os condimentos irritam o intestino e aumentam a formação de gases", explica Tamara Mazaracki. 
Olho vivo nos vilões: azeitonas, anchovas, salgadinhos em geral, picles, carne seca, defumados e embutidos (salame, presunto, bacon), queijos salgados e muito temperados (gorgonzola, parmesão, roquefort), catchup e molhos prontos para saladas.

7. BEBA ÁGUA, MUITA ÁGUA 
Pelo menos dois litros ao longo do dia, mas não durante as refeições, o que dificulta a digestão e favorece a fermentação - e o aumento do volume abdominal. 


8. DÊ UMA CHANCE PARA A GORDURA DO BEM 
Já está provado que alguns tipos, como a mono e a polinsaturada agem contra os pneuzinhos, principalmente no abdômen.
Acesse já nossa FANPAGE!
INSTAGRAM @cristinaguardia
Postar um comentário